Bem Vindos


Caro leitor, bem vindo ao blog da Usimak

Este espaço serve sobre tudo para divulgar notícias, produtos, ideias e para estimular a discussão.
Esclarecer dúvidas e sugestões em relação a nossos produtos atuais e também sobre novos produtos em desenvolvimento.
Espero que este espaço seja útil para todos. Todas as sugestões são bem vindas.

Pesquisar este blog

anúncios

30 de set de 2011

Sistema construtivo com blocos de concreto é um dos mais utlizados para erguer edificações, graças às normas que abrangem todo o processo da construção


O sistema construtivo de alvenaria estrutural com blocos de concreto é atualmente um dos sistemas industrializados mais – senão o mais – utilizado para erguer edificações de todos os padrões – desde edifícios e casas para programas habitacionais como o Minha Casa, Minha Vida até prédios voltados para a alta renda. Essa posição de destaque não acontece por acaso.
Os blocos de concreto que compõem o sistema construtivo oferecem uma lista de vantagens difícil de ser atingida pelos concorrentes: tem um rol de normas completo, que abrange desde a especificação e dimensionamento dos produtos para a fabricação, até o projeto estrutural, a execução e controle de obras.
O bloco de concreto é também um produto que atende aos requisitos da norma de Coordenação modular para edificações, a ABNT NBR 15873/2010, o que auxilia fortemente na industrialização da construção em todas as suas etapas. As dimensões dos blocos de concreto seguem o módulo de 10 cm estabelecido pela norma, facilitando o dimensionamento para que esquadrias (portas, janelas) e demais instalações elétricas e hidráulicas, entre outras, possam ser executadas sem que precise quebrar blocos e recorrer ao retrabalho para finalizar edificações. “Pode-se afirmar com segurança que os blocos de concreto produzidos no Brasil com o Selo de Qualidade da ABCP seguem o estado-da-arte internacional em alvenaria estrutural”, afirma o arquiteto Carlos Alberto Tauil, consultor técnico da BlocoBrasil-Associação Brasileira da Indústria de Blocos de Concreto.
As vantagens técnico-econômicas oferecidas pelo sistema construtivo de alvenaria estrutural com blocos de concreto são representativas. O sistema, por sua racionalização (não exige a construção de pilares e vigas, como em sistemas convencionais), pela qualidade dos produtos fabricados de acordo com as normas, pela logística de entrega dos blocos em paletes, facilitando o armazenamento e manuseio nas obras, pelos equipamentos racionalizadores que facilitam o trabalho dos operários, ajudando a elevar a produtividade, e pela amplitude e atualidade das normas setoriais da ABNT, oferecem economia de até 30% em relação aos sistemas convencionais.
Todas essas virtudes fizeram com que o seminário Alvenaria Estrutural com Blocos de Concreto, promovido pela BlocoBrasil no Congresso do Concrete Show, em 1º de setembro, em São Paulo, fosse o mais concorrido da grade de quase 20 palestras que aconteceram nesse evento, durante três dias. “Contamos com a presença de cerca de 200 arquitetos e engenheiros de projeto e construção de todo o Brasil para assistir às palestras sobre as normas e novidades da alvenaria estrutural com blocos de concreto, numa confirmação do uso cada vez maior desse sistema construtivo em todo o país”, confirma Tauil.
NORMAS ATUAIS PARA BLOCOS PARA ALVENARIA

 •         NBR 12118/2011 – Blocos Vazados de Concreto Simples para Alvenaria – Métodos de ensaio

  •        NBR 15961-1/2011 -  Alvenaria estrutural – Blocos de concreto – Parte 1: Projeto

  •          NBR 15961-2/2011-  Alvenaria estrutural — Blocos de concreto — Parte 2: Execução e controle de obras

 •         NBR 15873/2010 – Coordenação Modular para Edificações

 •         NBR 6136/2008 – Blocos Vazados de Concreto Simples para Alvenaria – Requisitos

 •         NBR 8215/1983 - Prisma de Blocos Vazados de Concreto Simples para Alvenaria Estrutural - Preparo e ensaio à Compressão

 •         NBR 14321 – Paredes de Alvenaria Estrutural – Determinação da resistência ao cisalhamento

 •         NBR 14322 – Paredes de Alvenaria Estrutural – Verificação da resistência à flexão simples ou à flexocompressão
As normas podem ser encontradas no site da ABNT (www.abnt.org.br).
origem os artigo;http://www.revistaprisma.com.br/novosite/noticia.asp?cod=3871

Nenhum comentário:

Postar um comentário